Entenda a importância do desenvolvimento de carreira

Um dos assuntos mais discutidos no mundo dos negócios atualmente se resume a três letras: CHA. Essa sigla corresponde a um conceito fundamental para o desenvolvimento de carreira e para o processo de gestão de pessoas. Juntas, essas três letras significam conhecimento, habilidade e atitude.

Em uma leitura filosófica, o conceito CHA se refere a uma competência do ser, mas, ao longo de sua aplicação no meio empresarial e acadêmico, o conceito já passou por algumas pequenas adaptações e modificações em seu significado.

Com o mercado de trabalho em processo constante de mudanças, exigindo a atualização constante dos profissionais, entender como esse conceito pode ser aplicado no ambiente de trabalho, nos dias de hoje, pode fazer toda a diferença e gerar resultados no seu desempenho e no de sua equipe.

É por isso que, neste post, explicaremos sobre o significado do conceito de CHA e como ele está ligado ao desenvolvimento de carreira. Continue a leitura para saber mais!

CHA: Conhecimento, Habilidade e Atitude

Na raiz do conceito está um tripé que forma, atualmente, um dos melhores e mais usados modelos de gestão para avaliação de funcionários, e que é seguido pelas melhores organizações. A partir de um referencial alinhado a padrões internacionais, o CHA é capaz de ampliar o sentido da noção de competência, conforme a conhecemos.

Entre os mais conhecidos pilares que formam a competência, listamos alguns a seguir.

Conhecimento

É considerado o saber propriamente dito, o know-how que a pessoa carrega consigo sobre determinado assunto, que pode ter tanto utilidade para a empresa quanto para o próprio profissional. Esse saber é adquirido, ou seja, foi apreendido por meio de recursos diversos, cabendo nessa categoria leituras, a própria formação acadêmica do profissional, a participação em um ou mais treinamentos e até mesmo a sua capacidade mais simples de observação.

Habilidade

A habilidade está associada à nossa capacidade de produzir e de criar, a partir do conhecimento teórico que foi por nós adquirido. Ela, portanto, consiste na nossa sabedoria e no conhecimento para executar uma determinada tarefa e apresentar soluções efetivas para resolver certas situações e impasses. É a forma de demonstrar, de maneira prática, a aptidão que temos para desempenhar a nossa missão.

A habilidade está ligada também ao progressivo aprimoramento de nossas aptidões que foram desenvolvidas ao longo do tempo, de acordo com nossas experiências.

Atitude

Certamente, você já ouviu a expressão “esperar uma solução cair do céu”. Esse tipo de ideia se opõe à competência da atitude, pois esta requer uma postura proativa, de quem não espera que as coisas se resolvam por si mesmas nem que alguém delegue a ele o que deve ser feito.

Ela pode ser resumida no sentimento de querer efetivamente fazer, e também no esforço e iniciativa de entender a situação e de saber de que forma agir para se chegar a um resultado satisfatório e eficiente. Trata-se de uma decisão consciente e emocional do modo de ação e reação em resposta a fatos, situações e a outras pessoas do ambiente profissional.

A noção de competência foi alterada com o passar dos anos. Antes, alguém que saia da universidade já era por si só considerado competente apenas com base no conhecimento teórico absorvido na formação, mesmo que não tivesse prática. Conforme vimos, o parâmetro proposto pelo CHA nos faz entender que a competência possui uma dimensão mais ampla e engloba, além do conhecimento, o saber executar e a vontade de fazer.

Para atender a essas demandas, é importante o profissional estar atualizado com as práticas de sua área e em constante evolução. Há diversas formas de investir em sua formação e no desenvolvimento de carreira. Vejamos algumas dicas!

Dicas para o desenvolvimento de carreira

Estude e atualize-se!

Estudar ainda é a forma mais conhecida para se qualificar e desenvolver melhor o nosso conhecimento. E há várias opções para irmos em busca de atualização e de novos aprendizados: pode ser com a leitura de um livro, assistindo a um documentário, fazendo cursos ou participando de palestras, oficinas e workshops com outros profissionais de nossa área, para aprofundar o conhecimento, desenvolver a criatividade e ter contato com outras ideias e conhecer novas pessoas.

Ter curiosidade e sede por conhecimento é fundamental, mas viver novas experiências de troca, conhecer outros ambientes e profissionais também é enriquecedor.

Desenvolva novas habilidades

Além da curiosidade e do esforço para se aprofundar no conhecimento que já adquirimos, nos tornando especialistas em nossa área, é importante também termos a mente aberta.

O mercado vem cada vez mais buscando por profissionais que tenham uma formação mais plural, abrangente e diversificada, com habilidades multidisciplinares.

Eles são conhecidos como especialistas generalistas, já que, além de dominar com profundidade um ou mais poucos temas de sua área de atuação, possuem também ótimos conhecimentos gerais, o que lhes permite dialogar com as demais áreas.

E neste quesito, nos da Master Mind Treinamentos somos especialistas, pois desenvolvemos as habilidades da liderança através de uma metodologia totalmente prática e vivencial.

Invista no autoconhecimento

Para se desenvolver como profissional, é necessário antes saber quem você é, onde deseja chegar, quais os seus valores, pontos fracos e competências.

autoconhecimento é um dos primeiros passos para quem busca evoluir na carreira, pois ajuda a orientar nossas ações e trilhar um caminho com mais clareza, alinhando nossas metas e objetivos.

É um exercício diário de autoquestionamento, de se observar e de perceber o que nos motiva, nos coloca para baixo ou nos deixa incomodados.

Aprenda a receber feedbacks

É importante saber aceitar, receber e analisar os feedbacks que recebemos de nossos superiores. E isso vale tanto para críticas quanto para elogios relacionados ao nosso desempenho. Nada melhor do que ouvir um comentário positivo sobre nosso trabalho, não é mesmo?

Mas as críticas também são importantes para o nosso desenvolvimento. Precisamos fazer um exercício de escuta, isto é, ouvir e refletir sobre o que nos foi apontado, tentar entender a razão do que nos foi dito e aprender com nossos erros.

Neste post, explicamos o conceito de CHA (conhecimento, habilidade e atitude) e detalhamos como ele pode ser aplicado, na prática. Para ajudar você no desenvolvimento de carreira, listamos ainda quatro formas de investir em sua evolução profissional.

Caso ainda tenha dúvidas sobre algum dos tópicos abordados, não hesite em entrar em contato conosco. Será um prazer para nossa equipe ajudar você nesse processo!

Nenhum comentário

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.